No último domingo, em jogo (ida) válido pelas semifinais da Taça de Portugal, Jana voltou a marcar e o Braga venceu o Benfica por 2 a 1, fora de casa. Com 5 gols marcados em 18 partidas nesta temporada, a brasileira é a principal referência da defesa menos vazada do País.

Vivendo uma excelente fase em terras lusitanas, a brasileira afirmou ontem (25) que, além de almejar os títulos da Liga e da Taça de Portugal, ainda alimenta um sonho de disputar a próxima Copa do Mundo com a seleção brasileira.

Às vésperas da última convocação, antes da convocação oficial para a Copa, Jana vive a expectativa de ser lembrada pelo técnico Vadão para os amistosos da próxima data FIFA de abril.

“Estou trabalhando muito forte e, graças a Deus, vivo um dos melhores momentos da minha carreira. Respeito e sei do potencial das atletas que vem sendo convocadas, mas estou à disposição para somar em caso de uma convocação”, afirmou Janaina.

A última vez que a zagueira atuou com a camisa da seleção brasileira foi em 2013.

“Faz tempo. Minha última convocação foi em 2013, quando eu ainda atuava pelo São José. Infelizmente tive uma lesão que atrapalhou minha sequência. Mas, como eu disse, vivo um grande momento na minha carreira e um chamado da seleção é uma ordem. Vou acreditar até a convocação final”, disse a zagueira.

No Braga desde a temporada 2017/2018, Jana já marcou 08 gols e acumula 48 jogos. Na atual temporada sua equipe lidera a Liga Nacional e abriu vantagens na semifinal da Taça de Portugal. Além do clube português, a brasileira tem passagens por Corinthians, Santos e São José.