Infelizmente, o ex-goleiro Jairo Nacimento, de 72 anos, que foi ídolo de Corinthians e Coritiba, faleceu nessa manhã de quarta-feira (6). Ele será velado em Curitiba, a partir das 21h até às 14h de amanhã (7). Às 15h, será sepultado no Cemitério Vertical.

O Pantera Negra, como era conhecido, foi vítima de um raro câncer nos rins e já estava internado desde o dia 23 de janeiro. Por causa dos valores da medicação, a família chegou a lançar uma campanha para arrecadação de dinheiro que sensibilizou vários atletas e o próprio Corinthians.

Pelo clube paulista ele é o recordista de minutos sem sofrer gols, foram 1.132 minutos que perduram até hoje. Também, pela equipe alvinegra, foi campeão Paulista em 1977, ajudando a quebrar um tabu de 23 anos de jejum. Ao todo, disputou 190 jogos e sofreu 146 gols.

Pelo Coxa, Jairo é, até hoje, o goleiro que mais vezes vestiu a camisa do clube, com 410 partidas nas décadas de 1970 e 1980. No time paranaense, conquistou seis vezes o estadual, além do Torneio do Povo, em 1973, e o Brasileiro de 1985.

Com a camisa do Coritiba, Jairo disputou 410 partidas entre os anos de 1972-1976 e 1982-1987. Participou dos títulos paranaenses de 1972, 1973, 1974, 1975, 1976 e 1986 e estava no elenco campeão brasileiro de 1985. Foi o jogador que mais vestiu a camisa do Coritiba.

O Pantera Negra atuou também em diversos clubes como Fluminense, Náutico e Caxias e até foi convocado para a seleção brasileira.